OS OBJETIVOS DO TRATAMENTO DA ENXAQUECA

04/08/2013

Recomendar: Imprimir:


O conceito médico sobre os objetivos de um tratamento para a enxaqueca sofreu profundas modificações nos últimos anos. Combater a dor é importante, mas o conceito de melhorar a qualidade de vida tem sido o atual objetivo.
A enxaqueca limita sobremaneira a vida das pessoas. Quando uma pessoa tem enxaqueca, todos os que a rodeiam sofrem. É muito parecido com o fumante que interfere na vida dos que não são fumantes ou dos deprimidos que transmitem seu mal-estar para toda família. Os enxaquecosos perdem dias de trabalho, de laser e de convívio familiar. Melhorar toda essa situação vem sendo considerado o objetivo principal do tratamento.

São objetivos do tratamento da enxaqueca:

1. Reduzir ou abolir as crises de enxaqueca, indicando profiláticos que devem ser tomados todos os dias, por alguns meses, se o paciente concordar com esse procedimento;
2. Quando o primeiro objetivo não for alcançado, ensinar o paciente como manejar as crises através de medidas gerais e medicamentosas (bolsa de gelo, repouso, medicações específicas para todos os sintomas da crise). Ensinar o enxaquecoso para que leve na bolsa/bolso as medicações que sabidamente funcionam nas crises e que ele possa automedicar-se, com o devido aconselhamento do especialista, no momento dos sintomas e com as medicações corretas, se por exemplo, ocorrer apenas dor, um esquema deve ser usado, mas, se a crise está ameaçando (sintomas premonitórios), o tratamento será outro. Cada fase da crise requer tratamento especifico;
3. Conseqüência do item anterior, ensinar o paciente a lutar contra a crise no momento que percebe que ela vem chegando, para vencê-la o mais rapidamente possível e não se entregar passivamente ao seu torturador;
4. Ensiná-lo a confiar no tratamento recebido, mas não ter expectativas muito otimistas, pois, sob ponto de vista médico, melhora de 70 a 80% dos sintomas pode ser considerada uma vitória. Na enxaqueca, muitas vezes, se ganha a guerra lentamente, após meses ou anos de luta, vencendo e perdendo algumas batalhas.
5. Melhorar a qualidade de vida do paciente e de todas as pessoas que com ele convivem.

Portanto, o objetivo principal do tratamento do enxaquecoso é melhorar sua qualidade de vida. Atualmente, médicos que consideram ser necessário tratar apenas as doenças que ameaçam a vida ou a integridade física das pessoas e que não valorizam aqueles distúrbios que prejudicam a qualidade de vida estão, com toda certeza, na direção errada.


Todos os direitos reservados © 2012
Rua Bernardino de Campos 1609, Ribeirão Preto
Fone 16 3636 3029

Rua Piratininga 1609, São Joaquim da Barra
Fone 16 3818 0844